Entretenimento

Chorão é encontrado morto em apartamento

Da Redação ·
 Chorão foi encontrado desacordado pelo seu motorista, que acionou o Samu
fonte: Divulgação
Chorão foi encontrado desacordado pelo seu motorista, que acionou o Samu

O vocalista da banda Charlie Brown Jr, Alexandre Magno Abrão, o Chorão, foi encontrado morto em seu apartamento na Rua Morás, em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo, na madrugada desta quarta-feira (6). Ele tinha 42 anos.

Chorão foi encontrado desacordado pelo seu motorista, que acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A unidade de resgate constatou que ele já estava morto. A Polícia Militar disse ter recebido um chamado às 5h18 para "verificação de morte natural em um apartamento". Chorão morava no oitavo andar do edifício.

No início da manhã, policiais civis e militares e peritos estavam no prédio do cantor. O delegado Luiz Romani, do 14º Distrito Policial, em Pinheiros, disse que ainda não é possível dizer a causa da morte do vocalista. A causa será determinada pela perícia. Romani disse apenas que Chorão estava sozinho em seu apartamento e que o caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A apresentadora Sônia Abrão, prima do cantor, chegou ao prédio por volta das 8h. O cantor e letrista liderava a banda que foi formada e estabelecida na cidade de Santos, no litoral de São Paulo, em 1992. Em 15 anos de carreira, a banda lançou nove álbuns de estúdio, dois discos ao vivo, duas coletâneas e seis DVDs.

Em setembro de 2012, o vocalista esteve em Apucarana com o Charlie Brown Jr.. O show, que aconteceu no Clube de Campo Água Azul, gerou polêmica. Um vídeo postado no Youtube mostra o momento que o vocalista interrompe a apresentação por mais de sete minutos para "lavar a roupa suja" com o baixista Champinhon. Alguns dias após o episódio, os integrantes da banda fizeram as pazes e se desculparam com o público através de outro vídeo divulgado na internet.

continua após publicidade