Entretenimento

Drama romeno vence Festival de Berlim

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Drama romeno vence Festival de Berlim
fonte:
Drama romeno vence Festival de Berlim

O filme romeno “Child’s Pose”, de Calin Peter Netzer, foi o vencedor do Urso de Ouro do 63º Festival de Berlim. “Estou embasbacado”, disse o diretor, ao receber o prêmio. No entanto, ele era um dos favoritos, tendo vencido também o prêmio da crítica.

continua após publicidade

“Child’s Pose” conta a história de uma mãe (Luminita Gheorgiu) que faz de tudo para salvar o filho da prisão, após ele atropelar e matar uma criança pobre. Além de servir um ótimo drama, a trama expõe as desigualdades sociais da Romênia.

Se o diretor estava sem palavras, a produtora do filme, Ada Solomon, foi autora de um discurso contundente, que definiu perfeitamente a missão do festival. “Falamos muito sobre censura política ao longo de todo o festival. Mas esquecemos de outro tipo de censura também muito perigosa: a comercial. Por isso, gostaria de agradecer as aos organizadores da Berlinale, e aos distribuidores e exibidores que apoia o cinema de arte, porque são essas pessoas que permitem que belos filmes como ‘Child’s Pose’ sejam feitos”, disse Ada.

continua após publicidade

A vitória da produção romena foi também uma mostra da força do cinema do país, que vem marcando cada vez mais presença nos festivais internacionais, desde da Palma de Ouro em Cannes para “4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias” (2007), de Cristian Mungiu. “Os políticos romenos deveriam prestar mais atenção porque o cinema romeno é embaixador do país no mundo”, observou Ada, de forma sagaz.