Entretenimento

Dado Dolabella deverá indenizar ex-camareira

Da Redação ·
Dado Dolabella deverá indenizar ex-camareira
fonte: Arquivo
Dado Dolabella deverá indenizar ex-camareira

RIO DE JANEIRO, RJ, 17 de janeiro (Folhapress) - A Justiça do Rio de Janeiro condenou o ator Dado Dolabella a indenizar sua ex-camareira Esmeralda Honório por danos morais. Esmeralda acusa Dado de tê-la agredido física e verbalmente quando ela tentava apartar uma briga entre o ator e sua então namorada, a atriz Luana Piovani, em 2008, em uma boate no Rio.

Desembargadores da 11ª Câmara Cível decidiram ontem por unanimidade em favor da autora da ação. Cabe recurso ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) por parte do réu.

A decisão ainda não foi publicada na página do Tribunal de Justiça do Rio e, portanto, não é possível saber neste momento o valor oficial da indenização.

Os desembargadores acataram recurso da autora que havia perdido a ação em primeira instância, em agosto de 2008. Na ocasião, a juíza Lindalva Soares da Costa julgou a ação improcedente por entender que não houve excesso por parte do réu.

"Entretanto, verifico que não houve excesso por parte do réu, pois a autora interveio em uma discussão entre namorados, sem qualquer razão para tanto, já que conforme noticiado pela própria autora não havia situação de emergência que justificasse a sua ingerência", afirmou a juíza na decisão.

Os desembargadores, contudo, entenderam o contrário. "Por unanimidade, deu-se proveniente ao recurso, nos termos do voto do desembargador relator", afirma o resumo da decisão, publicado na página do Tribunal do Rio.
 

continua após publicidade