Entretenimento

Frank Aguiar dá conselho a atores

Da Redação ·
 Longa vai mostrar toda trajetória  de Frank Aguiar
fonte: hortolandia.com
Longa vai mostrar toda trajetória de Frank Aguiar

Depois de filmar em Itainópolis, no Piauí, a equipe de "Sonhos de um Sonhador", filme sobre a vida de Frank Aguiar, roda suas últimas cenas no antigo Centro de Concentração do Santos, em São Bernardo do Campo.
 

continua após publicidade

Estava marcado para começar às 20h30, mas, às 21h, os produtores do filme ainda faziam os últimos ajustes. Penduravam nas paredes falsas do cenário quadros com imagens de santos, da última ceia e de pessoas da família do cantor Frank Aguiar.
 

Acompanhado da esposa, Aline Rocha, e de familiares, Frank também banca o produtor. Ora estava na sala de maquiagem conversando com Rosi Campos, que interpreta sua mãe no filme; ora estava ajeitando a barra das calças de Nelson Xavier, seu pai no longa. "Como eles (os pais) costumavam se tratar?", pergunta Nelson. "Meu pai chamava ela de ‘muié’ e ela o chamava de Chico", responde o cantor.
 

continua após publicidade

Minutos antes da filmagem da primeira cena da noite, que acontece numa cozinha com fogão à lenha, Rosi fala sozinha passando seu texto. Parece até que está resmungando. "Tô cozinhando cabrito ou carneiro?", ela questiona. "Lá no Piauí a gente chama de carneiro", responde Frank.
 

"O fogo apagou", gritou o alemão Uli Burtin, diretor de fotografia. Foi a brecha para brincadeiras da produção. "Hoje seu fogo tá apagado", brinca Joana Clark, assistente do diretor Caco Milano. Na mesma hora, o diretor de arte Arnaldo Zidan alcança uns pedaços de madeira e resolve o problema.
 

Terminada a primeira cena, a equipe parte para a preparação da tomada com o ator mirim Jorge Neto, piauiense de 7 anos que interpreta Frank na infância. É preciso paciência. "Estou com dor de barriga", diz Jorge. "É um frio na barriga, sabe, tio?", diz, meio ansioso, olhando para Adalmir Miranda, que integra a equipe de preparação do elenco. O diretor pega um banquinho e se senta na frente do garoto. "Te dou dez ‘maqui donaldis’ se você acertar essa parte", instiga o diretor. "É ‘maqui’ ou Mc Donald’s?", rebate o esperto Jorge. E já emenda: "Não dá pra botar um ar-condicionado aqui? Tá calor, né?".
 

continua após publicidade

Para compor a segunda cena, Rosi passa por uma verdadeira plástica. Uma tela transparente amarrada na cabeça puxa a pele do rosto e a deixa pronta para filmar cena em que a mãe de Frank é bem novinha. "Nossa, tô toda plastificada. Pelo menos uns 10 anos mais jovem."
 

Mais duas cenas são rodadas. Só com muito café e chá quente para aguentar até as 5h da manhã.