Entretenimento

Gore Vidal, escritor iconoclasta americano, morre aos 86 anos

Da Redação ·
Gore Vidal, escritor iconoclasta americano, morre aos 86 anos
fonte: Voz da Russia
Gore Vidal, escritor iconoclasta americano, morre aos 86 anos

O escritor Gore Vidal, que encheu seus romances e ensaios com observações agudas sobre política, sexo e cultura nos Estados Unidos, e que travou duras disputas com rivais literários de alto nível, morreu na terça-feira na sua casa, em Los Angeles, em decorrência de complicações de uma pneumonia. Ele tinha 86 anos.

O legado literário de Vidal inclui uma série de romances históricos - "Burr", "1876", "Lincoln" e "Era Dourada" --e também a grotesca comédia sexual de "Myra Breckinridge".

Vidal começou a escrever aos 19 anos, quando servia como soldado no Alasca e usou suas experiências da Segunda Guerra Mundial como base para "Williwaw". Seu terceiro livro, "A Cidade e o Pilar", causou sensação em 1948, por ter um homossexual assumido como protagonista.

Ao confirmar sua morte, o site oficial do escritor publicou duas fotos dele, uma como jovem primeiro-sargento durante a Segunda Guerra Mundial, e a outra como o iconoclasta escritor que ele se tornaria.


Com informações da Reuters

continua após publicidade