Entretenimento

Racionais, MGMT e Velhas Virgens tocam no 2º dia de Lollapalooza

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Racionais, MGMT e Velhas Virgens tocam no 2º dia de Lollapalooza
fonte: Divulgação
Racionais, MGMT e Velhas Virgens tocam no 2º dia de Lollapalooza

No segundo dia do Lollapalooza, festival que acontece no Jockey Club, em São Paulo, artistas com sonoridades bem distintas são os principais nomes deste domingo (8) de evento. No palco Cidade Jardim, quem fecha a programação é a banda de indie rock inglesa Arctic Monkeys, que volta ao Brasil após vinda em 2007. No palco Perry, o grupo paulistano de rap Racionais MCs faz o último show do line-up.
 

continua após publicidade

A primeira banda escalada é a baiana Cascadura, que começa a tocar ao meio-dia. Com vinte anos de carreira, o grupo faz um rock de guitarras pesadas e refrões cantaroláveis. A brasiliense Plebe Rude (conterrâneos e contemporâneos de Legião Urbana e Capital Inicial) e a cantora folk paulista Bluebell são atrações do início da programação. Além de Bluebell, o palco Alternativo só tem brasileiros: Suvaca, Black Drawing Chalks, Garage Fuzz e Velhas Virgens.

continua após publicidade

A primeira banda gringa do domingo é a Gogol Bordello. Líder do grupo, o cantor e ator ucraniano Eugene Hütz mora no Rio de Janeiro e define suas canções como exemplares do “punk cigano”. Outras bandas internacionais que tocam durante a tarde vão por sons mais eletrônicos.

O duo americano de trip hop Thievery Corporation toca às 15h no palco Cidade Jardim e a banda de dance rock inglesa Friendly Fires se apresenta às 16h no Butantã. Outros que reforçam o time do rock dançante são o duo MGMT e o grupo Foster the People. O MGMT volta ao Brasil depois de tocar por aqui em 2008, com hits como "Kids", "Time to pretend" e "Electric feel". Em sua primeira turnê sul-americana, o Foster the People traz ao Lollapalooza as canções de seu primeiro disco, “Torches” (2011). "Helena beat", "Pumped up kicks” e "Call it what you want" estão entre as mais aguardadas pelos fãs.

continua após publicidade

Rap, eletrônica e rock

Antes dos Racionais, o hip hop toma conta do palco Perry com a performance do britânico Tinie Tempah. Ao juntar eletrônica (drum bass e dubstep) e rap, o inglês de 23 anos ganhou dois Brit Awards nas categorias de artista inovador e single, no ano passado. Deve ser um bom aperitivo para o show do grupo liderado por Mano Brown.

continua após publicidade

As outras atrações do palco que carrega o nome de Perry Farrel, líder do Jane’s Addiction e idealizador do festival, são todas voltadas para a música dançante. Daniel Brandão, King of Swingers, Killer on the Dancefloor, Pretty Lights e Skrillex levarão batidas para o Lolla. Sonny John Moore, nome verdadeiro de Skrillex, é um dos artistas mais comentados da música eletrônica hoje. Ele lançou seu primeiro disco solo ("Voltage") neste ano e vai por um gênero conhecido como dubstep, que une o dub jamaicano ao britânico 2-step.

O rock, claro, também tem seus defensores no segundo dia de festival. Além do Arctic Monkeys, que divulga o disco "Suck it and see" (2011), uma atração de peso é o Jane's Addiction. A banda de Farrell se apresentou pela última vez no Brasil em 2009. Eles retornam com novo disco. "The great escape artist" (2011) é o quarto da discografia e o primeiro desde 2003.