Entretenimento

Morre no Rio o humorista e ator Chico Anísio

Da Redação ·
 Chico Anísio
fonte: Arquivo - imagem ilustrativa
Chico Anísio

Morreu no início da tarde desta sexta-feira (23), aos 80 anos, o humorista e ator Chico Anysio. O cearense estava internado no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio.

continua após publicidade


 
Internado há três meses com problemas cardiorrespiratórios, Chico respirava nos últimos dias somente com a ajuda de aparelhos. O humorista passou por uma sessão de hemodiálise na última quarta-feira (21) e estava sendo medicado para controlar sua pressão arterial.



A última internação de Chico aconteceu no dia 22 de dezembro, por conta de um sangramento. Apesar do problema ter sido controlado, o ator apresentou uma infecção pulmonar, e após ser submetido a uma laparotomia exploradora, teve um segmento de seu intestino delgado retirado. Desde então, o artista passou por diversas complicações.

continua após publicidade



O início de uma luta quase incessante do humorista ocorreu em maio de 2009, aos 78 anos, quando foi diagnosticado com uma séria doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), chamada enfisema pulmonar, adquirido após décadas de fumo compulsivo. 
 

Francisco Anysio Paula Filho faria 81 anos no dia 12 de abril.

65 anos de carreira

Chico Anysio interpretou cerca de 200 personagens na televisão, e estima-se que seja o comediante a ter interpretado mais papéis no País. Dentre os mais conhecidos estão o Professor Raimundo, o galã Alberto Roberto, a fofoqueira Salomé, o vampiro Bento Carneiro e muitos outros.

Chico começou sua vida como humorista profissional no rádio, paralelamente à sua atividade de radialista. Sua maneira peculiar de imitar vozes foi descoberto na Rádio Guanabara, em 1949. Depois de passar por diversas emissoras, se estabeleceu na Rede Globo em 1969.

O cearense passou 38 anos fazendo sucesso entre crianças e adultos com o quadro "Escolinha do Professor Raimundo" no ar, e nesse período o Professor lançou alunos memoráveis, como Zilda Cardoso, Mussum, Tom Cavalcante, Mauro Gonçalves (o Zacarias), Heloísa Perrisé, Ingrid Guimarães, Claudinha Rodrigues e Pedro Bismark.

Em 2008 o humorista declarou à revista "Rolling Stone", que em 2012, quando estivesse com 81 anos, gostaria de fazer uma peça por ano - algo que o Roberto Bolaños (comediante

que interpreta Chaves e Chapolim) faz no México. "Todo ano ele apresenta uma peça, em curta temporada, e aquilo é uma coisa que as pessoas esperam. Ele só faz isso, é rápido e tem público", declarou Chico.