Entretenimento

Red Hot Chili Peppers: veja os altos e baixos da banda

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Red Hot Chili Peppers: veja os altos e baixos da banda
fonte:
Red Hot Chili Peppers: veja os altos e baixos da banda

Conhecida pelas apresentações enérgicas e por hits como "Give it Away" e "Californication", a banda de rock Red Hot Chili Peppers passou por diversos períodos de altos e baixos em seus quase 30 anos de carreira.

continua após publicidade

Formado em 1983 pelos amigos Anthony Kiedis, Hillel Slovak, Flea e Jack Irons, o grupo ficou marcado em Los Angeles pelos shows feitos naquele ano no Kit-Kat Club. Neles, os quatro subiam no palco usando apenas meias sobre seus pênis.

continua após publicidade

Em agosto de 1984, a banda lançou "The Red Hot Chili Peppers", seu primeiro álbum, produzido por Andy Gill, guitarrista do Gang of Four. Como Slovak e Irons faziam parte de outra banda, a guitarra e a bateria do Chili Peppers ficaram nas mãos de Jack Sherman e Cliff Martinez..

Após sair de uma clínica de reabilitação em 1986, Anthony Kiedis escreve o single "Fight Like a Brave" e recebe um não do produtor Rick Rubin - que seria essencial para o sucesso da banda anos mais tarde. Com produção de Michael Beinhorn, a banda lança em 1987 "The Uplift Mofo Party Plan", álbum que faz o RHCP ganhar relativa fama.

Porém, os problemas com as drogas atingem seu ápice em 1988. O divisor de águas é a morte por overdose de heroína do guitarrista Hillel Slovak, encontrado em seu apartamento. Nesse momento a banda parecia se aproximar do fim.

continua após publicidade

Escalada para o sucesso

Após a debandada do baterista Jack Irons, os membros remanescentes do RHCP, Anthony Kiedis e Flea, resolvem reformar o grupo. Para a bateria a dupla chama Chad Smith. Mas a dificuldade era encontrar um guitarrista que suprisse a falta de Slovak.

Após testar diversos músicos, a dupla encontrou no jovem John Frusciante, de apenas 18 anos, a resposta para seus problemas. Fã da banda e de Jimi Hendrix, o novo guitarrista surpreendeu os demais integrantes por seguir o estilo de seu predecessor, que também era um de seus ídolos.

continua após publicidade

Com uma nova formação, os Chili Peppers lançam em agosto de 1989 "Mother's Milk", disco que traz o hit "Higher Ground", cover de Stevie Wonder. A maturidade da banda impressiona o produtor Rick Rubin, que aceita produzir o próximo disco. A seu pedido, as gravações ocorrem na mansão que pertenceu ao mágico Harry Houdini. Mas como a casa tinha fama de ser mal assombrada, Smith e Frusciante se recusam a dormir no local, com medo de fantasmas.

Em setembro de 1991, sai "Blood Sugar Sex Magik", o disco que transformou o RHCP em uma banda gigante. Com hits como "Give it Away" e "Under the Bridge", o álbum vendeu mais de 12 milhões de cópias e colocou o grupo em uma extensa turnê mundial.

continua após publicidade

Cansado do ritmo imposto pelos shows, Frusciante deixa a banda pouco antes da aguardada apresentação no festival Lollapalooza. Para substitui-lo, os demais integrantes chamaram às pressas o guitarrista Arik Marshall, com quem chegaram a se apresentar no Brasil, em 1993. Marshall seria demitido pouco depois.

Após passar por uma breve pausa, o grupo anunciou Dave Navarro, ex-Jane's Addiction, como novo guitarrista. Seu primeiro show com os Peppers aconteceu no Woodstock de 1994, onde eles apareceram vestidos de lâmpadas - contra a vontade do novo integrante.

Em 1995 a banda lançava "One Hot Minute", seu  álbum mais sombrio. Apesar de contar com hits como "My Friends", "Warped” e "Aeroplane", o trabalho não é tão elogiado e acaba se tornando o único gravado com Navarro, que abandona o grupo em 1998 alegando "diferenças criativas".

continua após publicidade

O retorno de Frusciante

Durante o período em que ficou longe do Chili Peppers, John Frusciante mergulhou em sua dependência em heroína - ele quase ficou totalmente sem dinheiro por causa do vício. Isso tornou seu retorno ao grupo, em 1998, proveitoso para ambos os lados.

Com ele de volta, a banda gravou em 1999 o aclamado "Californication", álbum que recolocou os Peppers nas rádios com hits como "Other Side" e "Scar Tissue" - essa última rendeu para a banda um Grammy de melhor canção de rock.

continua após publicidade

Ainda em 1999, a banda é escalada para o festival Woodstock. Enquanto tocavam "Fire", o evento foi tomado por um pequeno incêndio seguido por brigas entre o público. Relatos atestam que mulheres foram estupradas.

Em 2001 o RHCP voltou ao Brasil para participar do terceiro Rock in Rio. O público de 250 mil pessoas é até hoje um dos maiores da história da banda e do festival.

Um ano mais tarde, chegava às lojas "By the Way", álbum recheado de baladas. É seguido da compilação "Greatest Hits", que traz as inéditas "Fortune Faded" e "Save the Population".

O último trabalho com Fruscinante na guitarra, "Stadium Arcadium", foi lançado em 2006. O disco foi o mais vendido daquele ano (7 milhões de cópias). No clipe de seu principal hit, "Dani California", os Peppers homenagearam bandas como Beatles, Sex Pistols e Nirvana.

Após o término da turnê de "Stadium Arcadium", os integrantes decidem entrar em férias. Nesse período, Fruscinante lançou um disco solo e logo decidiu deixar novamente o grupo.Quando seu reuniram para gravar seu mais recente disco, "I'm With You", os Peppers escalaram Josh Klinghoffer para assumir o posto de guitarrista. Logo depois de seu lançamento, em 2011, o grupo deu início à turnê mundial, com uma apresentação em Bogotá, na Colômbia.

Após apresentar-se na Argentina, a banda se prepara para passar pelo Brasil, onde tem dois shows marcados: um nesta quarta (dia 21), na Arena Anhembi, em São Paulo, e outro no sábado (24), encerrando a segunda noite do palco principal do Rock in Rio.