Facebook Img Logo
Mais lidas
Empregos

Paraná abriu 26 mil vagas de emprego no primeiro trimestre deste ano

.

O Paraná abriu 26.017 vagas com carteira assinada de janeiro a março de 2018, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta sexta-feira (20) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O saldo mede a diferença entre admitidos e demitidos. Foi o melhor resultado desde 2014, quando a diferença havia sido de 43.543. Segundo o coordenador-geral da Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Elias Thomé, o Paraná está em uma crescente, “e isso concretiza e demonstra que as decisões do nosso governo estão certas, aumentando assim a geração de empregos e abrindo neste primeiro trimestre mais de 26 mil vagas de trabalho com carteira assinada de janeiro a março de 2018".

Somente em março foram geradas 6.514 vagas, o quarto melhor resultado do País, atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

“O Paraná manteve a trajetória de recuperação do mercado de trabalho tanto no mês como no acumulado do ano. Em março, cinco dos oito principais setores econômicos tiveram saldo positivo, com destaque para o de serviços”, disse Alexandre Chaves, economista da Secretaria.

MARÇO - O setor de serviços criou 4.059 vagas somente no mês passado. A indústria de transformação foi o segundo setor com melhores resultados, com 2.671 postos, seguida pelo comércio (168), serviços industriais de utilidade pública (34 ) e construção civil (27). Apenas três setores apresentaram saldos negativos: agropecuária, com 416 postos, extrativa mineral (-16) e administração pública (– 13).

DESTAQUE - No acumulado do ano, a indústria da transformação e os serviços foram os setores que mais se destacaram, com saldo de 9.988 e 15.495 contratações respectivamente.

Outras variações positivas foram da construção civil (1.974), serviços industriais de utilidade pública (210), administração pública (74), agropecuária (182) e extrativa mineral (10). O comércio foi o setor que teve saldo negativo no acumulado do ano, com 1.916 demissões.

Entre as cidades com mais de 30 mil habitantes, Curitiba teve o maior saldo, com 5.588 vagas, seguida por Cascavel (1818) e Maringá (1674).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Empregos

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber