Paraná abriu 26 mil vagas de emprego no primeiro trimestre deste ano - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Empregos

Paraná abriu 26 mil vagas de emprego no primeiro trimestre deste ano

Foto por
Escrito por redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O Paraná abriu 26.017 vagas com carteira assinada de janeiro a março de 2018, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta sexta-feira (20) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O saldo mede a diferença entre admitidos e demitidos. Foi o melhor resultado desde 2014, quando a diferença havia sido de 43.543. Segundo o coordenador-geral da Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Elias Thomé, o Paraná está em uma crescente, “e isso concretiza e demonstra que as decisões do nosso governo estão certas, aumentando assim a geração de empregos e abrindo neste primeiro trimestre mais de 26 mil vagas de trabalho com carteira assinada de janeiro a março de 2018".

Somente em março foram geradas 6.514 vagas, o quarto melhor resultado do País, atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

“O Paraná manteve a trajetória de recuperação do mercado de trabalho tanto no mês como no acumulado do ano. Em março, cinco dos oito principais setores econômicos tiveram saldo positivo, com destaque para o de serviços”, disse Alexandre Chaves, economista da Secretaria.

MARÇO - O setor de serviços criou 4.059 vagas somente no mês passado. A indústria de transformação foi o segundo setor com melhores resultados, com 2.671 postos, seguida pelo comércio (168), serviços industriais de utilidade pública (34 ) e construção civil (27). Apenas três setores apresentaram saldos negativos: agropecuária, com 416 postos, extrativa mineral (-16) e administração pública (– 13).

DESTAQUE - No acumulado do ano, a indústria da transformação e os serviços foram os setores que mais se destacaram, com saldo de 9.988 e 15.495 contratações respectivamente.

Outras variações positivas foram da construção civil (1.974), serviços industriais de utilidade pública (210), administração pública (74), agropecuária (182) e extrativa mineral (10). O comércio foi o setor que teve saldo negativo no acumulado do ano, com 1.916 demissões.

Entre as cidades com mais de 30 mil habitantes, Curitiba teve o maior saldo, com 5.588 vagas, seguida por Cascavel (1818) e Maringá (1674).

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Paraná abriu 26 mil vagas de emprego no primeiro trimestre deste ano"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.