Comércio varejista inicia contratação de temporários para vendas de final de ano - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Empregos

Comércio varejista inicia contratação de temporários para vendas de final de ano

Bruno Leonardo Dias Bodas voltou ao mercado de trabalho como vendedor (Delair Garcia)
Foto por
Escrito por Vanuza Borges e Ivan Maldonado
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O final do ano é a melhor data de vendas para o comércio e também sinônimo de oportunidade de emprego para quem está à procura de uma colocação no mercado. A pouco mais de dois meses para o Natal, o comércio já iniciou as contratações temporárias e os lojistas estão animados. A expectativa, diante da recuperação gradativa da economia, é de aumento nas vendas entre 10 a 15% em relação ao ano passado e, para isso, o treinamento em algumas lojas já começou.


Caso de uma loja de calçados de Apucarana visitada ontem à tarde pela reportagem onde quatro novos vendedores passaram a integrar a equipe e a previsão é que este número aumente. “Provavelmente vamos contratar mais três vendedores no próximo mês. A nossa intenção é efetivar aqueles vendedores que se destacarem nesse período”, revela o gerente Rodrigo Barrena.

Um deles é Bruno Leonardo Dias Bodas, de 22 anos, que estava há um mês desempregado. “Eu estava trabalhando antes de garçom. Trabalhar como vendedor é uma experiência nova, mas tem sido muito boa. Eu espero estar entre os efetivados no ano que vem”, aguarda.

Assim como Bruno, a vendedora Ana Cláudia Moreira dos Santos, 20 anos, também espera garantir a vaga para 2018 na loja de calçados, local onde trabalha há uma semana. “Estava há três meses desempregada. Tinha entregue cerca de 50 currículos nesse período, mas agora estou feliz com a contratação e espero continuar na equipe”, planeja.

O gerente de vendas Joaquim Roberto Luiz observa que há chances de efetivar os novos vendedores. “Já contratamos duas vendedoras e estamos planejando abrir mais uma vaga para novembro. Nós estamos acreditando na recuperação do comércio, já abastecemos os estoques e, por isso, não podemos perder vendas”, diz.

A também gerente de vendas Elaine Cristina de Godoy está confiante na recuperação do comércio. “As vendas estão melhorando. Vamos contratar quatro vendedoras e seis freelances para ajudar na arrumação da loja. A nossa expectativa é vender 15% a mais que em 2016”, diz. No ano passado, a loja de confecções onde Eliane trabalha não contratou temporários.

Em outra loja de confecções e calçados, que fica praticamente ao lado, a gerente de vendas Silvana Moraes Schmidt também está selecionando currículos e pretende reforçar a equipe com mais cinco vendedores.
Uma das candidatas a vagas é Andies Machado Zaniquelli, de 22 anos. “Eu quero que minha vaga não seja temporária”, diz. Ela, que estava desempregada há dois meses, trabalhava antes como cuidadora de idosos.

 
IVAIPORÃ
Em Ivaiporã, o clima também é de otimismo no comércio. Edmar Gonçales, proprietário de uma loja de calçados diz que todos os anos abre de uma a duas vagas para temporários. “As expectativas para esse final de ano são boas, já que a economia brasileira mostra os primeiros sinais de recuperação”, comenta.
Pedro Tecachuk, gerente de uma loja de eletrodomésticos, relata que a empresa já contratou um funcionário temporário e, se precisar, deve contratar mais.
O recém-contratado é Adilson Gomes. “Eu estava trabalhando em uma empresa de material de construção. O que me despertou para estar mudando de emprego é por questão de oportunidade de carreira e o salário que é melhor”, argumenta Gomes.


Associações comerciais apostam em crescimento

A expectativa de boas vendas não está somente entre os lojistas, mas também nas associações comerciais. Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de Serviços de Apucarana (Acia), Jayme Leonel, a expectativa é que seja um dos melhores natais dos últimos anos. “A perspectiva é muito boa. Os lojistas estão confiantes e reforçando os estoques, o que é muito positivo”, diz.

Para a presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Apucarana (Sivana), Aída Assunção, a recuperação do emprego vem acontecendo em todo País. “Nós queremos que o crescimento volte a ser algo natural. A nossa expectativa é que o Natal deste ano seja o melhor que os dois últimos, que foram marcados pela crise econômica”, espera.

Em Ivaiporã, o presidente da Associação Comercial Industrial e de Serviços (Acisi), Afonso Frederico observa que o comércio no município deverá abrir o mesmo número de vagas temporárias que no ano passado. Em média, cada lojista deverá contratar até o fim do ano cerca de um temporário. “As expectativas de vendas são boas para o final de ano e, por isso, as contratações são necessárias. Inclusive, a Acisi, em parceria com a faculdade Fatec e Agência de Empregos, firmaram parceria para auxiliar o empregador na contratação dos temporários”, diz.

Frederico explica que o curso de Recursos Humanos da Fatec vai ajudar as empresas a selecionar os candidatos e identificar o perfil para a empresa. “Os interessados por vagas também podem enviar seus currículos para a Fatec ou Agência de Empregos”, assinala Frederico.  


Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Comércio varejista inicia contratação de temporários para vendas de final de ano"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.