Candidatos a prefeito se dizem confiantes em Grandes Rios - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

eleicao2012

Candidatos a prefeito se dizem confiantes em Grandes Rios

Escrito por Edison Costa - Tribuna do Norte - Diário do Paraná
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Com 6.438 habitantes e 5.559 eleitores, Grandes Rios tem três candidatos a prefeito no pleito deste ano. Pela situação concorre o vereador e presidente da Câmara, Antônio Cláudio Santiago (PSD), o Toninho Santiago, 47 anos, da coligação “Pra Frente Grandes Rios”, constituída pelos partidos PSD-PP. O radialista Júlio César Silva Lino (PDT), 33 anos, disputa pela coligação “Chapa Pura e Ficha Limpa”, formada por PDT-PT-DEM. O vereador Renato Carlos de Camargo (PMDB), 37 anos, é candidato pela “A União Faz a Força” (PMDB-PT). O discurso de cada um é de otimismo.

RAÍZES
Toninho Santiago mora há 35 anos em Grandes Rios, onde é comerciante. É vereador por três mandatos e atual presidente do Legislativo.

A princípio, não era sua intenção ser candidato a prefeito, porém seu nome foi indicado pelo grupo diante do impedimento do prefeito Sílvio Dainês Filho (PSD), de concorrer à reeleição. “Meu nome foi o escolhido pelo grupo e eu acatei”, afirma Toninho Santiago.

Segundo ele, a sua campanha eleitoral foi bem aceita nos quatro cantos do município. “Estamos visitando casa por casa, sítio por sítio e o acolhimento por parte da população tem sido muito bom”, declara.

Para Toninho Santiago, Grandes Rios é um município forte economicamente do ponto de vista da agricultura e da pecuária. No entanto, há necessidade de um programa de incentivo à geração de emprego e renda, para segurar os jovens e outras pessoas na cidade. Para tanto, pretende construir barracões industriais e buscar empresas.
O candidato observa que o atual prefeito pegou um município destruído em todos os setores e teve que trabalhar muito nesses anos para tirá-lo desta situação. “Agora que administração está sob controle, ficou mais fácil ao seu sucessor conduzir a Prefeitura e se preocupar em elaborar e executar projetos que façam bem para toda a comunidade”, salienta.

Toninho Santiago observa que ele e seu vice João Maria sempre moraram e continuam morando em Grandes Rios. “Temos nossas raízes aqui, nunca saímos daqui para morar em outra cidade e é por isso que somos candidatos, porque queremos cuidar bem do município onde sempre vivemos”, assinala.

Como outras prioridades, Toninho cita investimentos na saúde, com a contratação de pediatra e ginecologista, e incentivo à diversificação da produção agrícola. Seu candidato a vice é o atual vice-prefeito João Maria Lúcio (PSD), 45 anos.

DINAMISMO
Júlio César Silva Lino é de família tradicional na política do Vale do Ivaí. Seu pai Edson Silva Lino foi vereador e prefeito de Grandes Rios e duas vezes deputado estadual. Sua mãe Sueli Esther Silva Lino foi duas  vezes prefeita de Grandes Rios. Seu irmão Adilson Silva Lino é o atual prefeito de Faxinal, onde concorre à reeleição. Seu avô José Augusto Barbosa foi duas vezes vereador e prefeito de Rosário do Ivaí e sua avó Esther Marquito Barbosa foi vice-prefeita de Rosário do Ivaí.

Júlio César nasceu Grandes Rios (no Distrito de Ribeirão Bonito). Além de locutor e diretor geral da Rádio Clube de Faxinal, é formado no curso superior de Gestão Pública.

Júlio César quer seguir os passos da família que, conforme assinala, tem a política como instrumento de servir à comunidade. Além disso, se considera com credenciais para administrar o município de Grandes Rios. “Quero ser prefeito para resgatar o crescimento do município, que nos últimos oito anos tem perdido população e arrecadação”, declara, observando que muitos jovens têm ido embora para outras cidades por falta de alternativas de trabalho.
Júlio César se propõe a dar uma “cara nova” à administração municipal. Segundo ele, “o município está precisando de uma injeção de ânimo para retomar seu crescimento econômico e social”. Para tanto, seu plano de governo contempla ações em todos os setores, com destaque para o projeto de geração de emprego e renda, para o qual diz já ter empresas contatadas para se instalar em Grandes Rios, e a diversificação da produção agrícola.

Desde início da campanha eleitoral, Júlio César e seu vice Joel da Farmácia (PDT) tem visitado casa por casa na cidade e na zona rural, além de fazer reuniões de bairros e comícios. Ele espera encerrar a campanha com pelo menos 98% das residências visitadas, uma vez que sempre há algumas fechadas onde não se encontra a família. Seu vice Joel da Farmácia mora há 35 anos em Grandes Rios, onde é farmacêutico.

INCENTIVO
O candidato Renato Camargo é natural de Grandes Rios, formado em curso superior de Tecnólogo em Gestão Ambiental, área que trabalha na elaboração de projetos rurais. É vereador pela primeira vez.
Renato Camargo se candidatou a prefeito faltando 20 dias para a eleição. Ele substituiu a ex-prefeita Eliane Ricieri (PMDB), que saiu da disputa em função de pendências administrativas que a impediram de ser candidata. Renato concorria como vice-prefeito.

Apesar do pouco tempo no páreo, Renato Camargo considera que sua candidatura está bastante fortalecida junto ao eleitorado. “Eu já estava neste processo eleitoral desde o início. Como agora eu sou o candidato a prefeito, apenas mudamos nossa estratégia de campanha”, diz.  Conforme ele, hoje a campanha se resume em reuniões nos bairros, com a participação de 20 a 30 famílias. “No começo, pensei que haveria uma queda na nossa candidatura, mas, pelo contrário, senti que houve uma grande guinada. A cada dia mais pessoas vão aderindo às nossas propostas e se dispondo a ajudar na campanha”.

Para Renato Camargo, Grandes Rios teve um retrocesso do ponto de vista econômico nos últimos anos, principalmente pela falta de uma política de geração de emprego e renda. “Precisamos incentivar a atração de empresas que gerem novas alternativas de trabalho, principalmente para nossos jovens”, comenta.

Renato Camargo propõe também a diversificação das propriedades rurais, inclusive com a implantação de um projeto de escalonagem da produção agrícola com venda contratada. Assim o agricultor vai trabalhar já sabendo para quem vender sua produção.

Renato diz que, como vereador e em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Emater e Governo Federal, já conseguiu o assentamento de 89 famílias em Grandes Rios pelo programa de Crédito Fundiário.
Seu candidato a vice é Valdevino Pontes (PMDB), o Vardão da Pá, funcionário público residente há 22 anos no Distrito de Ribeirão Bonito.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Candidatos a prefeito se dizem confiantes em Grandes Rios "

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Todos os candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.

Mais Notícias