Economia

Zona do euro: taxa de desemprego cai a 7,7% em junho; inflação sobe 2,2% no mês

Da Redação ·

A taxa de desemprego da zona do euro caiu de 8,0% em maio para 7,7% em junho, segundo dados com ajustes sazonais divulgados nesta sexta-feira, 30, pela agência oficial de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. O resultado de junho ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam o desemprego em 7,9%. A Eurostat estima que havia 12,517 milhões de desempregados na zona do euro em junho. Em relação a maio, o número de pessoas sem emprego na região teve queda de 423 mil.

continua após publicidade

Já o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro acelerou de 1,9% em junho para 2,2% em julho, no acumulado em 12 meses, segundo dados preliminares divulgados hoje pela Eurostat. A inflação, portanto, ficou acima da meta de 2% do Banco Central Europeu (BCE) e alcançou o maior nível desde outubro de 2018. Analistas consultados pelo Wall Street Journal previam alta de 2,0%. O núcleo do CPI, que desconsidera os preços de energia e de alimentos, registrou alta anual de 0,7% em julho. (Com informações da Dow Jones Newswires).