MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Yellen defende imposto maior para bilionários, mas não vê necessidade de negociação global

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, defendeu nesta quinta-feira, 13, um imposto maior para bilionários, durante entrevista à CNBC. Mas ela disse que, na sua avaliação, "não precisamos de toda uma negociação global para conseguir isso

Gabriel Bueno da Costa (via Agência Estado)

·
Escrito por Gabriel Bueno da Costa (via Agência Estado)
Publicado em 13.06.2024, 11:16:00 Editado em 13.06.2024, 11:24:11
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, defendeu nesta quinta-feira, 13, um imposto maior para bilionários, durante entrevista à CNBC. Mas ela disse que, na sua avaliação, "não precisamos de toda uma negociação global para conseguir isso". As declarações são dadas em um contexto no qual o Brasil, ao lado de outros países, como a França, busca avançar em um consenso internacional para elevar impostos sobre os mais ricos pelo mundo.

continua após publicidade

Ela também mencionou que deseja "elevar um pouco o imposto corporativo" nos EUA, mas não a níveis tão elevados quanto no passado, sem citar números no caso.

Yellen disse que "estamos definitivamente a favor de impostos mais altos sobre bilionários".

continua após publicidade

Ela recordou que o governo Joe Biden tem "uma proposta concreta" nessa frente, e opinou que esses impostos devem valer também sobre ganhos não realizados de capital, que "são uma enorme fonte de capital dos ricos" e muitas vezes escapam da tributação.

Questionada sobre o nível da dívida dos EUA, ela disse que, caso ela se estabilize nos níveis atuais, diante do tamanho da economia do país, "creio que estaremos em uma posição razoável".

A secretária do Tesouro defendeu que é preciso monitorar o custo real da dívida, e recordou que a proposta do governo para o próximo ano fiscal é de uma redução de US$ 3 trilhões no déficit ao longo da próxima década.

A autoridade também citou dificuldades em cortar gastos, ao lembrar que grande parte deles é obrigatório, como em aposentadorias ou gastos sociais.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

Deixe seu comentário sobre: "Yellen defende imposto maior para bilionários, mas não vê necessidade de negociação global"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
Compartilhe! x

Inscreva-se na nossa newsletter

Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!