Economia

Vendas de veículos novos crescem 27,1% em maio ante abril, mostra Fenabrave

Eduardo Laguna (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

No melhor resultado do ano, as vendas de veículos novos no País subiram 27,1% na passagem de abril para maio, chegando a 187,1 mil unidades, entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus. Divulgado nesta quinta-feira, 2, pela Fenabrave, entidade que representa as concessionárias, o balanço mostra que o mercado automotivo segue reagindo após os resultados fracos do primeiro trimestre.

continua após publicidade

Com volume próximo ao de maio de 2021 - leve queda de 0,8% -, a associação considerou o resultado do mês passado surpreendente, ainda que no acumulado desde o primeiro dia do ano as vendas mostrem queda de 17%, com 739,9 mil unidades licenciadas nos cinco primeiros meses.

Na abertura do balanço por segmento, as vendas de carros de passeio e utilitários leves, como picapes e vans, subiram 28,2% na passagem de abril para maio, somando 174,8 mil unidades no mês passado.

continua após publicidade

O forte crescimento se deve ao calendário com três dias a mais de venda - já que abril teve feriados em dias úteis -, mas também aconteceu porque houve uma melhora no ritmo diário do mercado.

Embora a produção das montadoras continue prejudicada pela irregularidade no abastecimento de componentes eletrônicos, as vendas fracas nos meses anteriores permitiram ao setor entrar em maio com o maior volume de veículos em estoque em um ano e meio.

Com menos produtos em falta, foi possível atender melhor a demanda de clientes frotistas, caso das locadoras. As vendas diretas - canal pelo qual as montadoras atendem a esse público - chegaram a 44,9% do total de carros de passeio vendidos em maio, o maior porcentual registrado em um mês deste ano.

continua após publicidade

Ao comentar os números, o presidente da Fenabrave, José Maurício Andreta Júnior, disse que o resultado refletiu a melhora na entrega de veículos que estavam à espera de peças nas fábricas.

A avaliação é de que oferta e demanda podem ter começado a se estabilizar. "Não há um movimento forte de retomada, nem de oferta nem de demanda, mas acredito que estamos chegando à certa estabilidade", comentou Andreta Júnior.

Ranking das marcas

continua após publicidade

Líder do mercado, a Fiat é a marca de 22,2% dos carros vendidos, em conta que considera o total comercializado desde o início do ano, incluindo, além dos automóveis de passeio, os utilitários leves, como picapes e vans. Na sequência, aparecem General Motors (14,1%), Toyota e Hyundai - as duas últimas com 10,8% do mercado.

Caminhões e ônibus

As vendas de caminhões, de 10,3 mil unidades no mês passado, subiram 10,1% em maio contra abril, mas mostraram queda de 9,1% no comparativo interanual.

Já no mercado de ônibus, houve avanço de 27,3% frente a abril e de 2,1% em relação a igual período do ano passado, totalizando 1,9 mil unidades no mês passado.