Economia

Uber lança opção de embarque rápido

Da Redação ·

Nos últimos meses, em meio à alta da gasolina no Brasil, passageiros do Uber estão tomando "chá de cadeira" para conseguir embarcar nas viagens pelo aplicativo. Reagindo às reclamações, a empresa anunciou na quinta-feira, 14, o recurso Uber Prioridade, em que usuários poderão pagar para embarcar mais rápido.

continua após publicidade

A função será colocada à disposição inicialmente em Campinas (SP), Curitiba (PR) e Belém (PA) - o Uber afirma que a opção funcionará na região central das cidades, onde a espera pelo embarque tem sido mais longa. Sem revelar valores, a empresa diz que as viagens prioritárias "custarão um pouco mais do que as do UberX (viagens populares do aplicativo)" e resultarão em mais ganhos para os motoristas.

O Uber Prioridade vai aparecer como mais uma opção na tela do passageiro depois que ele digitar o endereço de destino. Segundo o Uber, o horário de funcionamento do recurso não é fixo e acompanha a dinâmica de movimentação da cidade. Motoristas poderão aceitar ou não as viagens prioritárias.

continua após publicidade

Preços altos. As reclamações de cancelamento de viagens cresceram nos últimos meses entre os passageiros do Uber e outros apps de transporte.

Parte do problema se deve à alta dos combustíveis no País, que dificulta a operação dos motoristas - a taxa de 10,25% acumulada pela inflação nos 12 meses terminados em setembro teve como principais contribuições os combustíveis (2,40 pontos porcentuais, sendo a gasolina responsável por 1,93 ponto porcentual individualmente).

Em comunicado na quinta, porém, a empresa cita outro motivo para o lançamento do Uber Prioridade. "Como acontece no fim do ano e com a maior flexibilização das medidas restritivas de combate à covid-19, a tendência é de que haja um aumento no número de solicitações de viagens e que o uso da plataforma seja ainda mais constante", afirmou.

continua após publicidade

Em setembro, o Uber adotou reajustes para diminuir prejuízo dos motoristas: a empresa informou que, na região metropolitana de São Paulo, os valores de ganhos com viagens UberX seriam reajustados em até 35%.

A revisão das taxas está sendo feita também em outras cidades, mas os porcentuais podem mudar conforme a região. Segundo a empresa, os reajustes são apenas nos ganhos para os motoristas e não devem afetar os usuários. Além disso, o Uber firmou parceria com os postos Ipiranga para, de forma permanente, oferecer cashback de até 4% nos combustíveis para pagamentos pelo aplicativo da rede.

O aplicativo 99, rival do Uber, também vem sofrendo com o problema. A empresa reajustou no mês passado os ganhos dos motoristas parceiros entre 10% e 25% em todo o Brasil - a empresa define o porcentual com base em fatores como localização, distância e categoria.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.