Economia

Turismo na capital paulista cresce 11,2% em junho, mostra FecomercioSP

Da Redação ·

O turismo na cidade de São Paulo avançou pelo segundo mês consecutivo e cresceu 11,2% em junho ante maio, segundo dados do Índice Mensal de Atividade do Turismo de São Paulo, o Imat-SP, do Conselho de Turismo (CT) da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). O índice chegou a 53,6 pontos, maior patamar desde fevereiro, mas ainda abaixo dos 58,6 de janeiro.

continua após publicidade

O avanço foi de 74,2% em relação a junho de 2020. O número expressivo, porém, se deve a uma base de comparação fraca, já que a capital paulista vivia momento crítico naquela ocasião, com uma onda de restrições pela pandemia de covid-19.

De acordo com a FecomercioSP, a tendência de recuperação do turismo na cidade parece consolidada e está ligada a menores chances de fechamento no futuro, devido ao avanço da vacinação.

continua após publicidade

"Mesmo que as atividades do turismo de negócios estejam muito reduzidas, houve interesse nos segmentos de lazer, compras e visitas a amigos e parentes, o que tende a se reforçar nos próximos três meses", afirma em nota Mariana Aldrigui, presidente do CT da FecomercioSP.

Das variáveis do índice, o faturamento das empresas liderou o movimento positivo de junho ao crescer 32,1%. A hotelaria, por sua vez, registrou ampliação de 23,2% na taxa de ocupação, e a taxa média em São Paulo ficou em cerca de 40%, acima dos 32% observados em maio.

A movimentação de passageiros em aeroportos também teve crescimento significativo na margem, de 15,4%, ao passo que as rodoviárias apresentaram alta de 1,6%. Praticamente estável, o emprego teve 0,3% de elevação.