Economia

Três das 8 atividades do varejo caem em dezembro ante novembro, diz IBGE

Da Redação ·

A queda de 0,1% nas vendas do varejo em dezembro ante novembro de 2021 foi acompanhada por apenas três das oito atividades pesquisadas pela Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada nesta quarta-feira, 9, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

continua após publicidade

Os recuos no mês foram registrados em Outros artigos de uso pessoal e doméstico (-5,7%), Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-2,0%) e Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-0,4%). Combustíveis e lubrificantes ficaram estáveis.

No campo positivo apareceram em dezembro, frente a novembro, as vendas das atividades Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (3,2%), Livros, jornais, revistas e papelaria (2,4%), Móveis e eletrodomésticos (0,4%) e Tecidos, vestuário e calçados (0,4%).

continua após publicidade

Considerando o comércio varejista ampliado, as vendas de Veículos, motos, partes e peças cresceram 1,2% em dezembro, ante novembro. Já o segmento de Material de construção recuou 1,4% em volume de vendas. As vendas do varejo ampliado, que incorporam essas duas atividades ao índice agregado geral, cresceram 0,3% em dezembro ante novembro.

Comparação interanual

Segundo o IBGE, sete das oito atividades pesquisadas pela PMC, registraram recuo nas vendas em dezembro de 2021, frente ao mesmo mês do ano anterior. As vendas do varejo recuaram 2,9% por essa base de comparação.

continua após publicidade

As maiores quedas na comparação a um ano antes foram vistas em Móveis e eletrodomésticos (-17,6%), Livros, jornais, revistas e papelaria (-6,8%), Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-6,6%), Combustíveis e lubrificantes (-6,1%) e Outros artigos de uso pessoal e doméstico (-6,0%). Também registraram queda nas vendas, por essa base de comparação, as atividade de Tecidos, vestuário e calçados (-0,5%) e Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-0,4%).

De acordo com o IBGE, a única atividade a apresentar crescimento na comparação ao mesmo mês do ano anterior foi Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos, com alta de 7,8%.

Conforme divulgado pelo IBGE, as duas atividades adicionais que compõem o comércio varejista ampliado tiveram desempenho misto no mês. As vendas de Veículos e motos, partes e peças subiram 0,3% ante dezembro de 2020, enquanto as de Material de construção caíram 8,3%.