Economia

TotalEnergies anuncia que implementará sanções contra a Rússia

Da Redação ·

A TotalEnergies decidiu seguir outras empresas que já anunciaram sanções contra a Rússia, como é o caso de Shell e BP, disse que condena a ação militar russa na Ucrânia, que tem consequências trágicas e ameaça a Europa, e informou que implementará as sanções europeias mesmo que isso traga efeitos para as suas atividades no país.

continua após publicidade

Em comunicado, a empresa francesa ressaltou que apoia as sanções feitas pela Europa à Rússia e que está avaliando os impactos que isso causará nas suas operações.

Além disso, a companhia disse que está mobilizada para fornecer combustível para as autoridades ucranianas e ajuda aos refugiados.

continua após publicidade

"A TotalEnergies não fornecerá mais capital para novos projetos na Rússia", diz a nota.