Economia

Tereza Cristina viaja ao Canadá para tratar sobre exportação de fertilizantes

Da Redação ·

Na tentativa de alcançar novos fornecedores de fertilizantes para o Brasil diante da ameaça de escassez após a invasão da Ucrânia pela Rússia, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, viajou neste sábado, 12, para o Canadá. Na pauta, conversas com empresários e representantes do governo canadense sobre a possibilidade de aumentar as exportações de potássio para o Brasil.

continua após publicidade

"A viagem é para conversar com canadenses para ver se conseguimos uma quantidade maior do que eles já nos mandam, para suprir esses possíveis gargalos de fornecimento que a gente possa vir a ter, devido ao conflito entre a Rússia e a Ucrânia", disse a ministra, em nota divulgada pelo Ministério da Agricultura.

Em Ottawa, estão previstas reuniões com presidentes de empresas produtoras e exportadoras de potássio instaladas no país, além de representantes do governo canadense. Hoje a ministra se reúne com a diretoria da Brasil Potash (Potássio Brasil), de investidores canadenses. Na segunda-feira (14), deverá se encontrar com o vice-ministro da Agricultura do Canadá, Paul Samson. Além disso, também amanhã, Teresa Cristina se reunirá com os presidentes da as empresas Gensource, Nutrien, Xensource, da Canpotex e da Fertilizer Canadá.

continua após publicidade

Atualmente, o Brasil é o quarto consumidor global de fertilizantes, responsável por cerca de 8% deste volume e é o maior importador mundial. O País importa cerca de 85% de todo o fertilizante usado na produção agrícola nacional. No caso do potássio, o percentual importado é de cerca de 95%.

O retorno da comitiva, de acordo com nota da pasta, está previsto para segunda-feira, com chegada ao Brasil na terça-feira.