Economia

Taxas futuras de juros têm forte queda após IPCA e 'payroll' abaixo do esperado

Da Redação ·

Os juros futuros operam em forte queda na manhã desta sexta-feira, após o IPCA de setembro e o relatório de emprego dos Estados Unidos de setembro, o "payroll", terem vindo abaixo das estimativas. O IPCA subiu 1,16% na margem, ante um avanço de 0,87% em agosto, abaixo da mediana positiva de 1,25% do Projeções Broadcast. "Achei o resultado do IPCA melhor que o esperado, com núcleos mais baixos, difusão um pouco menor. Alimentação e combustíveis surpreenderam positivamente. E ainda teve o payroll mais fraco nos EUA", afirmou economista-chefe da Greenbay Investimentos, Flávio Serrano.

continua após publicidade

Já o "payroll" mostrou criação de 194 mil empregos em setembro, em termos líquidos, bem abaixo da expectativa de analistas de geração de 500 mil vagas, segundo a mediana estimada.

Às 9h45 desta sexta, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 caía para 9,01%, de 9,20% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2025 cedia para 9,96%, de 10,20%, e o para janeiro de 2027 caía para 10,36%, para 10,62% no ajuste anterior.