Economia

Taxas futuras de juros recuam com dólar fraco, após ata do Copom e varejo

Da Redação ·

Os juros futuros recuam em toda a curva nesta manhã, em linha com o movimento do dólar mais fraco, além de queda do petróleo e juros dos Treasuries e após a leitura da ata do Comitê de Política Econômica (Copom) reforçando mais alta da Selic e das vendas no varejo.

continua após publicidade

As vendas do comércio varejista subiram 1,0% em março ante fevereiro, perto do teto do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast (1,3%).

Às 9h15, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 caía para 13,240%, de 13,294% no ajuste de ontem.

continua após publicidade

O DI para janeiro de 2024 cedia para 12,89%, de 12,95%, e o para janeiro de 2025 cedia para 12,36%, de 12,42% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2027 caía para 12,22%, de 12,29%.