Taxas futuras de juros recuam após ata, mas renovam máximas com pressão do dólar - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Economia

Taxas futuras de juros recuam após ata, mas renovam máximas com pressão do dólar

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Os juros futuros começaram a sessão desta terça-feira em queda, após a leitura da ata do Copom não sinalizar um início próximo de aperto monetário, mas, pouco antes das 9h30, as taxas renovavam máximas em meio à alta do dólar ante o real. Às 9h28, o DI para janeiro de 2022 estava na máxima de 2,96%, de 3,00% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2023 marcava máxima de 4,40%, de 4,44%, enquanto o vencimento para janeiro de 2027 exibia máxima de 7,31%, de 7,34% na véspera.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Taxas futuras de juros recuam após ata, mas renovam máximas com pressão do dólar"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.