Economia

Taxas futuras de juros operam estáveis, mas exterior melhor traz viés de baixa

Da Redação ·

Os juros futuros operam praticamente estáveis em toda a curva na manhã desta quinta-feira, mas o bom humor no exterior e dólar em queda ante o real ajudam no viés de baixa. A expectativa com o leilão de LTN, NTN-F e LFT (11h) pode, no entanto, trazer pressão pontual de alta aos longos. Às 9h10, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 estava na máxima de 10,50%, mesma taxa do ajuste anterior. O Di para janeiro de 2025 marcava máxima de 10,09%, de 10,10%, e o para janeiro de 2023 exibia máxima de 9,07%, mesma taxa do ajuste de quarta-feira.

continua após publicidade