Economia

Taxas futuras de juros caem após frustração com queda da produção industrial

Da Redação ·

A sexta-feira começa com queda firme dos juros futuros diante da decepção com a queda de 0,6% da produção industrial de outubro ante setembro, contrariando a expectativa de mediana de alta de 0,7% e praticamente no piso estimado (-0,7%). Além disso, há incertezas sobre o impacto da variante Ômicron do coronavírus na economia global. Às 9h36, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 caía para 11,44%, de 11,59% no ajuste de quinta-feira. O DI para janeiro de 2025 recuava para 11,13%, de 11,26%, e o para janeiro de 2027 caía para 11,12%, de 11,27% no ajuste anterior.

continua após publicidade