Economia

Taxas de juros rondam estabilidade, em meio a avanço da T-Note e dólar em queda

Da Redação ·

Os juros futuros longos e médios começaram a sessão desta segunda-feira, 27, com alta moderada, em sintonia com o avanço dos juros dos Treasuries longos, mas logo depois passaram a rondar a estabilidade diante do recuo do dólar ante o real em dia de leilão extra de swap cambial. Os curtos também rondam a estabilidade, apesar da piora das estimativas para IPCA 2021 e de 2022 no relatório Focus, mas com previsão de baixa para o PIB de 2022. A agenda mais fraca ajuda a limitar as oscilações no mercado de juros.

continua após publicidade

Às 9h19 desta segunda-feira, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 subia a 10,45%, mesma taxa do ajuste anterior. O DI para janeiro de 2023 estava em 8,98%, de 8,96%, e o para janeiro de 2022 marcava 7,145%, mesma taxa do ajuste de sexta-feira. O dólar à vista caía 0,53%, a R$ 5,3154. O juro da T-note de 10 anos subia a 1,491%, de 1,446% no fim da tarde de sexta-feira.