Economia

Taxas de juros rondam estabilidade antes de leilão e exterior traz viés de baixa

Da Redação ·

Os juros futuros acompanham o bom humor do exterior e têm viés de baixa em linha com o dólar nesta manhã de quinta-feira, 17, sendo que o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) tem efeito limitado pois repetiu boa parte do que já foi dito no comunicado e ata do Copom. Por outro lado, a expectativa com o último leilão de títulos do Tesouro (11h00) tende a manter pressão de alta. Às 9h30, o DI para janeiro de 2027 exibia taxa de 6,75%, de 6,76% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2023 estava em 4,34%, de 4,35%, enquanto o vencimento para janeiro de 2022 marcava 2,97%, de 2,98% no ajuste anterior.

continua após publicidade