Economia

Taxas de juros longas recuam com atuações do BC no câmbio

Da Redação ·

Os juros futuros longos recuam na manhã desta segunda-feira, 15, em linha com o dólar, refletindo o alívio trazido com as atuações do Banco Central (BC) no câmbio, via leilões de swap, segundo traders. O médios rondavam a estabilidade e os curtos tinham leve alta às vésperas de o Copom subir a Selic, como o mercado espera. A possível saída do ministro Eduardo Pazuello da Saúde por enquanto não pesa nos negócios.

continua após publicidade

Em segundo plano ficou o IBC-Br de janeiro, visto como dado retrovisor especialmente diante da piora das perspectivas com a pandemia desde fevereiro. Às 9h20, a taxa de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 caía a 7,95%, de 8,02% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2023 estava em 5,97%, mesma taxa do ajuste anterior, enquanto o vencimento para janeiro de 2022 subia para 4,26%, de 4,21% no ajuste de sexta-feira.