MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

S&P diz que pode elevar rating do Brasil se reformas ampliarem crescimento de longo prazo

A S&P Global Ratings disse que pode elevar o rating brasileiro outra vez nos próximos dois anos caso as reformas fiscais sustentem o crescimento de longo prazo nacional. A agência afirma que um progresso mais rápido do que o esperado na solução de "desequ

André Marinho e Gabriel Tassi (via Agência Estado)

·
Escrito por André Marinho e Gabriel Tassi (via Agência Estado)
Publicado em 19.12.2023, 17:54:00 Editado em 19.12.2023, 17:59:25
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

A S&P Global Ratings disse que pode elevar o rating brasileiro outra vez nos próximos dois anos caso as reformas fiscais sustentem o crescimento de longo prazo nacional. A agência afirma que um progresso mais rápido do que o esperado na solução de "desequilíbrios fiscais", somado a uma estabilização do nível da dívida, também pode acarretar em um aumento do rating.

continua após publicidade

Do outro lado, caso haja uma deterioração fiscal ocasionada pela má implementação de políticas estruturais, o rating pode ser rebaixado nos próximos dois anos.

Também, caso o peso da dívida seja superior ao esperado, ou se o Brasil lidar com uma deterioração no cenário político, é possível que haja uma queda no investimento direto estrangeiro e, por consequência, o rating pode cair.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "S&P diz que pode elevar rating do Brasil se reformas ampliarem crescimento de longo prazo"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!