Serviços operam 16,6% abaixo de pico registrado em novembro de 2014, diz IBGE - TNOnline
Mais lidas

    Economia

    Economia

    Serviços operam 16,6% abaixo de pico registrado em novembro de 2014, diz IBGE

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 11.12.2020, 12:21:00 Editado em 11.12.2020, 12:30:40
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Passado o momento mais agudo da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, o setor de serviços esboça recuperação, mas ainda está distante do pico alcançado anos atrás. Em outubro, os serviços ainda operavam 16,6% abaixo do ponto mais alto registrado em novembro de 2014. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Os Serviços prestados às famílias estavam em agosto 40,8% abaixo do pico de outubro de 2013, enquanto os serviços de informação e comunicação operavam 4,8% aquém do auge alcançado em março de 2015.

    Os Serviços profissionais, administrativos e complementares estavam em agosto 29,2% abaixo do ápice de dezembro de 2012, e os Transportes funcionavam 18,6% aquém do pico de novembro de 2014.

    O segmento de Outros serviços chegou a agosto 10,9% abaixo do auge de agosto de 2011.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Serviços operam 16,6% abaixo de pico registrado em novembro de 2014, diz IBGE"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.