Economia

Senado dos EUA aprova medida para evitar 'shutdown'

Da Redação ·

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira, 30, uma medida, chamada de "resolução contínua", que evita o "shutdown" do governo, ou seja, a paralisação da máquina pública. Foram 65 votos favoráveis, cinco a mais do que o necessário, e 35 contrários.

continua após publicidade

O projeto ainda precisa passar pela Câmara dos Representantes antes de ser enviado ao presidente norte-americano, Joe Biden.

O texto prevê recursos para o financiamento do governo até o dia 3 de dezembro.

continua após publicidade

Para evitar o "shutdown", Biden precisa assinar a medida até às 23h59 desta quinta-feira pelo horário local ou 00h59 de sexta-feira, pelo horário de Brasília.

"Esta votação diz que estamos mantendo o governo em funcionamento", afirmou o líder da maioria no Senado, Chuck Schumer.

Durante uma coletiva de imprensa, a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, disse mais cedo que colocaria a "resolução contínua" em votação na Casa ainda nesta quinta.

continua após publicidade

Em meio a uma disputa política entre democratas e republicanos, um projeto anterior que evitaria o "shutdown" foi rejeitado no Senado. Isso ocorreu porque os governistas atrelaram essa medida à suspensão do teto da dívida, que a oposição decidiu não apoiar.

Com a "resolução contínua" colocada nesta quinta em votação, o Congresso evita a paralisação da máquina pública, mas sem resolver o impasse em torno do teto. Por isso, o projeto recebeu o apoio de alguns senadores republicanos.