Economia

Sanções devem causar corridas bancárias e forçar o BC russo sobre juros, diz IIF

Da Redação ·

O Instituto de Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês) afirma que as sanções impostas pelos Estados Unidos, pela União Europeia e por outros aliados contra a Rússia devem provocar "impacto significativo" na economia do país e que o russo médio "sentirá o custo". Em comunicado assinado por Clay Lowery, vice-presidente executivo do IIF, a entidade diz que as punições têm como alvo o sistema financeiro doméstico, "provocando corridas bancárias e forçando o banco central da Rússia a continuar a elevar os juros".

continua após publicidade

Nesse contexto, o IIF diz ser provável que ocorra contração econômica na Rússia, "em uma economia que já tem sido afetada pelo crescente isolacionismo".

Em sua nota, o instituto ainda lamenta a "tragédia humana" gerada no episódio.

continua após publicidade

O IIF é uma associação global formada por mais de 400 empresas do setor financeiro, com sede em Washington.