Economia

Renda média do trabalho no 4º tri é a mais baixa da série histórica, diz IBGE

Da Redação ·

Embora o número de pessoas trabalhando tenha alcançado patamar recorde no quarto trimestre de 2021, a massa de salários diminuiu no País, derrubada pela renda do trabalho, que desceu à mínima histórica.

continua após publicidade

A massa de salários em circulação na economia encolheu R$ 4,176 bilhões no período de um ano, para R$ 229,394 bilhões, uma queda de 1,8% no trimestre encerrado em dezembro de 2021 em relação ao mesmo período de 2020.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

continua após publicidade

Na comparação com o trimestre terminado em setembro, a massa de renda real caiu 0,6%, com R$ 1,306 bilhão a menos.

O rendimento médio dos trabalhadores ocupados teve queda de 3,6% na comparação com o trimestre até setembro, R$ 91 a menos, para R$ 2.447, o menor patamar da série histórica iniciada em 2012. Em relação ao trimestre encerrado em dezembro do ano passado, a renda média caiu 10,7%, R$ 295 a menos.

A renda média real no País ficou em R$ 2.587 na média do ano de 2021, queda de 7% ante 2020. A massa de renda totalizou R$ 230,6 bilhões na média de 2020, recuo de 2,4% ante 2020.