Mais lidas

    Economia

    Economia

    Rejeitado destaque na LDO que tentava crédito extra para compra de vacina

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 16.12.2020, 13:59:00 Editado em 16.12.2020, 20:31:17
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Os deputados federais rejeitaram uma emenda na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que tentava garantir a compra de vacinas contra a covid-19 em 2021 por meio da abertura de crédito extraordinário.

    A emenda, apresentada pelo PSOL, autorizava a compra mesmo fora do período de calamidade pública.

    O governo do presidente Jair Bolsonaro e o relator do projeto, Irajá Abreu (PSD-TO), orientaram voto contrário ao destaque.

    O argumento é que a LDO não pode autorizar a abertura de um crédito extraordinário.

    Além disso, o governo anunciou um crédito extra para compra de vacinas.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Rejeitado destaque na LDO que tentava crédito extra para compra de vacina"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.