Economia

Redução do balanço deve começar após alta de juros, diz Fed em ata

Da Redação ·

Os dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) concordaram na última reunião de política monetária da autoridade que a redução de seu balanço patrimonial deverá começar a ocorrer após o inicio do ciclo da alta de juros. De acordo com a ata do encontro, divulgada nesta quarta-feira, 16, os participantes não tomaram ainda nenhuma decisão sobre o tema, o que deverá ocorrer nas próximas reuniões, mas "geralmente observaram que as atuais condições econômicas e financeiras provavelmente justificariam um ritmo mais rápido" do que na última redução do balanço, ocorrida entre 2017 e 2019.

continua após publicidade

Segundo o documento, os participantes do encontro observaram que, "à luz do atual alto nível do Fed em termos de títulos, uma redução significativa no tamanho do balanço provavelmente seria apropriada".

Na reunião, os dirigentes julgaram que o momento e o ritmo da redução do balanço seria determinado de modo a promover as metas de máximo emprego e a estabilidade de preços.

continua após publicidade

"O Comitê está preparado para ajustar a qualquer momento os detalhes de sua abordagem para reduzir a dimensão do balanço à luz da evolução econômica e financeira", de acordo com o documento.

Ao longo do tempo, o Fed "pretende manter títulos detidos nos montantes necessários para implementar a política monetária de forma eficiente e efetivamente em seu amplo regime de reservas", diz ainda a publicação.