Economia

Queda na indústria em janeiro ante dezembro é a mais forte desde março de 2021

Da Redação ·

A queda de 2,4% na produção industrial em janeiro de 2022 ante dezembro de 2021 foi a mais acentuada desde março do ano passado, quando encolheu 2,5%, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

continua após publicidade

Se considerados apenas os meses de janeiro, o recuo foi o mais agudo desde 2018, quando houve redução de 2,6%.

Na comparação com janeiro de 2021, a retração de 7,2% registrada pela indústria em janeiro de 2022 foi a mais acentuada para o mês desde 2016, quando caiu 13,4%.

continua após publicidade

Revisões

O IBGE revisou o resultado da produção industrial em outubro ante setembro, de -0,5% para -0,6%. A taxa de setembro ante agosto saiu de -0,6% para -0,5%, a de agosto ante julho passou de -0,2% para -0,5%, a de julho ante junho saiu de -1,6% para -1,5%.

O resultado dos bens de capital em dezembro ante novembro foi revisto de 4,4% para 5,4%. A taxa de novembro ante outubro saiu de -2,4% para -3,0%, enquanto a de outubro ante setembro passou de 2,2% para 1,6%.

continua após publicidade

Em bens intermediários, a taxa de dezembro ante novembro saiu de 1,2% para 1,4%.

Na categoria de bens de consumo duráveis, a taxa de dezembro ante novembro passou de 6,9% para 7,5%.