Economia

PPI qualifica estudos de alternativas habitacionais para locação social

Da Redação ·

O Conselho do Programa de Parceria de Investimentos (PPI) qualificou nesta quarta-feira, 2, estudos de alternativas habitacionais destinadas à locação social, dentro da política tocada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). Segundo o PPI, a ideia é dar apoio ao setor para além da produção de casas. Mais detalhes, no entanto, ainda não foram divulgados.

continua após publicidade

Recentemente, o governo lançou o Casa Verde e Amarela, substituto do Minha Casa Minha Vida. No geral, o programa atenderá famílias com renda mensal de até R$ 7 mil, com taxas de juros a partir de 4,25% ao ano. Além dos financiamentos, o Casa Verde e Amarela tem um pilar de regularização fundiária e melhoria de residências, com meta de regularizar 2 milhões de moradias e promover melhorias em 400 mil até 2024.

Ainda dentro de ações coordenadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, o PPI aprovou as operações de reestruturação societária, no modelo de cisão, da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), que já está no Programa Nacional de Desestatização (PND).

continua após publicidade

Segundo o conselho, o formato de cisão proposto pelo BNDES tem como objetivo cindir parcialmente a CBTU referente às atividades da Superintendência Regional Belo Horizonte (MG), transformando as filiais em Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Alagoas e Paraíba em subsidiárias. Além disso, o PPI deu aval a CBTU promover investimentos na região metropolitana de Natal.