Economia

PMI de serviços da China cai de 53,8 em outubro para 52,1 em novembro

Da Redação ·

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços da China caiu de 53,8 em outubro para 52,1 em novembro, segundo informou a IHS Markit, em parceria com a Caixin. Esse foi o terceiro mês consecutivo em que o indicador ficou acima de 50, o que marca expansão da atividade, embora o crescimento tenha sido o mais lento no período, de acordo com comunicado. O PMI de composto, que engloba serviços e indústria, recuou de 51,5 para 51,2 na mesma base comparativa.

continua após publicidade

"O ressurgimento de surtos locais de covid-19 teve um maior impacto na demanda do que na oferta. A demanda internacional continuou a se fortalecer, com o indicador de novos pedidos de exportação permanecendo em território positivo pelo segundo mês consecutivo em novembro", explica o economista sênior da Caixin, Wang Zhe.

O resultado apontou na mesma direção que o PMI oficial de serviços, que inclui tanto a atividade de serviço quanto a de construção, já que o recente surto de covid-19 amorteceu a demanda em meio a medidas de prevenção rigorosas e preocupações persistentes com a saúde. Com informações da Dow Jones Newswires.