Economia

PMI composto do Brasil sobe a 53,5 pontos em fevereiro, revela IHS Markit

Da Redação ·

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) composto do Brasil, que engloba os indicadores da indústria e serviços, cresceu de 50,9 pontos em janeiro para 53,5 pontos em fevereiro, informou nesta segunda-feira, 7, a IHS Markit. Quando acima da marca de 50 pontos, o indicador sugere expansão da atividade em relação ao mês anterior.

continua após publicidade

"A produção do setor privado do Brasil cresceu notavelmente em fevereiro, com a taxa de expansão acelerando a partir do menor nível em oito meses em janeiro", afirma a IHS Markit, em relatório.

A empresa destaca a aceleração do setor de serviços (52,8 pontos para 54,7 pontos), enquanto a indústria manteve a tendência de contração (47,8 pontos para 49,6 pontos), mas em ritmo menor.

continua após publicidade

As vendas agregadas avançaram pelo décimo mês consecutivo, no ritmo mais acelerado desde novembro, puxadas pelos serviços. Nesse segmento, as empresas atribuíram os resultados positivos ao crescimento da demanda, recuo da pandemia e alta taxa de vacinação do País.

"A inflação de matérias-primas arrefeceu tanto para produtores de bens quanto para prestadores de serviços. No nível composto, esse último aumento foi o mais lento do último um ano e meio", observa a IHS Markit.