Plano São Paulo preservou 308 mil empregos, diz vice-governador - TNOnline
Mais lidas

    Economia

    Economia

    Plano São Paulo preservou 308 mil empregos, diz vice-governador

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 17.08.2020, 13:34:00 Editado em 17.08.2020, 13:37:09
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (DEM), informou que foram preservados 308 mil empregos no Estado com o Plano São Paulo, de quarentena heterogênea. Segundo estudo realizado, os principais afetados foram os trabalhadores formais, com baixa renda e pouca escolaridade.

    Entre eles, 95%, ou 303 mil postos, se concentram no setor de serviços.

    Segundo a economista Ana Carla Abrão, as regiões que melhor respeitam as orientações do governo estadual foram as que tiveram os melhores resultados na preservação dos empregos e que auferiram recuperação econômica mais ágil.

    "Os resultados foram obtidos com o controle da pandemia", disse Abrão.

    O levantamento foi conduzido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

    Atividade

    Ana Carla Abrão informou que foi registrado uma alta na atividade econômica de 1,11 ponto porcentual nas regiões que progrediram das fases 1 a 2 do Plano São Paulo, e de 2,32 pontos porcentuais entre a fase 2 e 3.

    Segundo o secretário estadual da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, o estudo mostra que a adesão às medidas de isolamento e de quarentena heterogênea tem resultado na atividade econômica pois afetam a confiança.

    "Não adianta uma política visando preservar emprego e atividade econômica às custas da saúde porque isso não funciona, aliás, o efeito é contrário. Isso gera queda no nível de confiança e maior incerteza", disse Meirelles durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Plano São Paulo preservou 308 mil empregos, diz vice-governador"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.