Economia

PBoC diz que apoiará setores afetados por covid e confirma cerco a criptomoedas

Da Redação ·

O Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) informou, nesta sexta-feira, 4, que pretende aumentar o apoio financeiro ao setores de serviços mais afetados pela pandemia de coronavírus. A promessa foi feita em reunião sobre a situação dos mercados financeiros na última terça-feira, mas os detalhes foram divulgados apenas nesta sexta-feira, 4.

continua após publicidade

A autoridade monetária também revelou que continuará "cerco de alta pressão" contra a especulação decorrente das negociações de criptomoedas.

Segundo comunicado, a instituição considera importante apoiar micro, pequenas e médias empresas e reforçou a política que visa reduzir a especulação no mercado imobiliário.