Economia

Para Lira, reajuste anunciado pela Petrobras hoje, foi tapa na cara do País

Da Redação ·

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta quinta-feira, 10, que o reajuste nos preços dos combustíveis anunciado pela Petrobras hoje lhe "causou espanto" e que a medida é uma insensibilidade da estatal com os brasileiros, "os verdadeiros donos da companhia". "O aumento de hoje foi um tapa na cara de um país que luta para voltar a crescer", criticou em publicação no Twitter.

continua após publicidade

A empresa anunciou aumento de 18,7% para a gasolina, 24,9% para o diesel, e 16% no gás de cozinha, reduzindo assim a defasagem da estatal em relação ao mercado internacional, que já beirava os 50%. "Após 57 dias, a Petrobras fará ajustes nos preços de gasolina e diesel. E, após 152 dias, a Petrobras ajustará preços de GLP", informou a empresa em nota.

Lira disse também que "quem conhece o Brasil, além dos gabinetes e escritórios, sabe o peso de comprar um botijão de gás ou encher o tanque". "Com o cenário global desafiador, até os governos mais ortodoxos estão avaliando como mitigar os impactos da pressão nos custos em todos os mercados."