Economia

Para Jair Bolsonaro, Brasil foi o que menos sofreu na economia na pandemia

Da Redação ·

O presidente da República, Jair Bolsonaro, reafirmou nesta sexta-feira que o Brasil foi o país que menos sofreu na economia durante a pandemia de coronavírus. Durante cerimônia de assinatura do Decreto da Cédula de Produto Rural (CPR) Verde, no Palácio do Planalto, o chefe do Executivo salientou que no meio dos 1.000 dias de governo, houve 600 de pandemia e que, mesmo assim, "o Brasil foi para frente".

continua após publicidade

O evento faz parte das comemorações dos mil dias de governo, atingidos no domingo passado. O lançamento da CPR Verde conta com a participação dos ministros da Economia, Paulo Guedes, e do Meio Ambiente, Joaquim Leite.

A CPR Verde é uma nova alternativa de mercado para as empresas interessadas em compensar voluntariamente sua emissão de gases de efeito estufa e faz parte do Plano de Crescimento Verde do governo federal, que será levado à Conferência do Clima (COP26), um evento internacional marcado para ocorrer daqui a um mês em Glasgow, na Escócia.

continua após publicidade

Mais cedo, Bolsonaro se reuniu com Guedes e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), para discutir formas de conter a alta dos combustíveis. De acordo com o deputado, haverá novas reuniões entre líderes ao longo do final de semana sobre o tema.

O encontro vem em meio à pressão do governo sobre o Congresso para aprovar projeto de lei que obriga Estados a fixarem um valor nominal do ICMS incidente sobre combustíveis.

Na quinta-feira, em transmissão ao vivo nas redes sociais, o presidente citou a possibilidade de repassar dividendos da Petrobras a um fundo regulador de combustíveis, que possa modular as oscilações dos preços.