Otimismo faz dólar recuar, mas produção industrial tem queda recorde - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

PANDEMIA

Otimismo faz dólar recuar, mas produção industrial tem queda recorde

Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O dólar segue em baixa nesta quarta-feira, após um viés de alta na abertura, enquanto o Ibovespa futuro sobe mais de 1%. Os ativos locais voltam a se colar ao apetite por risco em âmbito global, em meio à reabertura da economia, após a quarentena do covid-19. Pesam ainda o sentimento de que o Banco Central deve bancar liquidez no mercado de câmbio e percepção de alívio do lado político.

Os investidores olham ainda a queda de 18,8% da produção industrial brasileira em abril revelada pelo IBGE, a maior da série histórica iniciada em 2002, e também recorde ante abril de 2019 (-18,8%). Ainda assim, veio melhor que a mediana das projeções do mercado (-31,7%). A produção industrial cai 8,2% no ano e recua 2,9% em 12 meses. O dado reforça apostas em novo corte de 0,75 ponto da taxa Selic, para 2,25% ao ano, no Copom deste mês.

Às 9h34 desta quarta, o dólar à vista caía 1,32%, R$ 5,1406. O dólar para julho recuava 1,27%, a R$ 5,1455. O Ibovespa Futuro subia 1,23%, aos 91.046,38 pontos.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Otimismo faz dólar recuar, mas produção industrial tem queda recorde"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.