Mais lidas

    Economia

    Economia

    Orçamento de 2021 deveria ter sido votado e aprovado em 2020, diz Pacheco

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 25.05.2021, 12:22:00 Editado em 25.05.2021, 12:28:56
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), avaliou nesta terça-feira que o Orçamento de 2021 deveria ter sido votado e aprovado em 2020. "Estamos dando agora toda atenção e boa vontade com o Executivo sobre os PLNs para que não haja mais divergências em relação à execução orçamentária deste ano. Espero virar essa página e que os recursos públicos sejam bem empregados", afirmou, em participação no BTG Pactual Brasil CEO Conference 2021.

    O presidente do Senado defendeu ainda a legitimidade do Congresso em escolher o destino de recursos orçamentário por meio das emendas parlamentares.

    O jornal O Estado de S. Paulo revelou, no entanto, o esquema do "orçamento secreto" criado pelo presidente Jair Bolsonaro e operado com verba do Ministério do Desenvolvimento Regional, uma pasta loteada pelo Centrão.

    Com o aval do Planalto, um grupo de deputados e senadores pôde impor o que seria feito com ao menos R$ 3 bilhões. Toda negociação foi sigilosa e fere a lei orçamentária, o que pode levar o presidente a responder por crime de responsabilidade.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Orçamento de 2021 deveria ter sido votado e aprovado em 2020, diz Pacheco"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.