MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Opep+ reforça compromisso com unidade e estabilidade do mercado, dias após saída da Angola

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) divulgou comunicado nesta quarta-feira, 3, no qual reforça o compromisso com a "unidade, coesão integral e estabilidade do mercado" da commodity. A nota é emitida em meio a incertezas sob

André Marinho (via Agência Estado)

·
Escrito por André Marinho (via Agência Estado)
Publicado em 03.01.2024, 12:28:00 Editado em 03.01.2024, 12:35:51
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) divulgou comunicado nesta quarta-feira, 3, no qual reforça o compromisso com a "unidade, coesão integral e estabilidade do mercado" da commodity. A nota é emitida em meio a incertezas sobre a uniformidade do cartel, após a saída da Angola no final do ano passado.

continua após publicidade

O texto ressalta que esforços extraordinários do grupo ajudaram a economia global a superar os desafios dos últimos anos, entre eles a pandemia de covid-19, além de terem assegurado a estabilidade do mercado de trabalho, especialmente quando comparado a outros ativos semelhantes.

"Além disso, os países-membros da Opep reafirmam o seu compromisso firme com os objetivos partilhados de unidade e coesão, tanto dentro da Organização como com os países produtores não pertencentes à Opep que participam da DoC", afirma, em referência à declaração de cooperação da Opep+.

continua após publicidade

O cartel garante ainda que pretende manter a cooperação, diálogo, respeito mútuo e confiança à frente. "Isso é em benefício de todos os produtores, consumidores e investidores, bem como a economia global mais ampla", destaca.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Opep+ reforça compromisso com unidade e estabilidade do mercado, dias após saída da Angola"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!