MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Opep mantém previsão de alta na demanda global por petróleo em 2024, em 2,2 milhões de bpd

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) manteve sua previsão de alta na demanda global por petróleo em 2024, em 2,2 milhões de barris por dia (bpd), segundo relatório mensal publicado nesta quarta-feira, 10. Para 2025, o cartel também re

(via Agência Estado)

·
Escrito por (via Agência Estado)
Publicado em 10.07.2024, 09:37:00 Editado em 10.07.2024, 09:45:21
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) manteve sua previsão de alta na demanda global por petróleo em 2024, em 2,2 milhões de barris por dia (bpd), segundo relatório mensal publicado nesta quarta-feira, 10.

continua após publicidade

Para 2025, o cartel também reiterou sua projeção para a demanda mundial, de acréscimo de 1,8 milhão de bpd. Em relação à oferta de petróleo entre países fora da Opep+, o cartel continua prevendo avanços de 1,2 milhão de bpd neste ano e de 1,1 milhão de bpd em 2025.

A Opep+ engloba Rússia e outros produtores de petróleo que não integram a Opep. Por outro lado, a Opep elevou levemente sua previsão para a alta do Produto Interno Bruto (PIB) global em 2024, de 2,8% para 2,9%. Para o ano que vem, o grupo segue prevendo expansão econômica mundial de 2,9%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Opep mantém previsão de alta na demanda global por petróleo em 2024, em 2,2 milhões de bpd"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!