MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Neurotech: Busca por crédito cai 1% em maio ante abril e cede 14% em relação ao 5º mês de 2023

Depois de um respiro em abril, a procura por financiamento no Brasil voltou a cair. O Índice Neurotech de Demanda por Crédito (INDC) teve queda de 1% em maio em relação a abril, quando cresceu 14%. Na comparação com quinto mês de 2023, recuou 14% - o oita

Maria Regina Silva (via Agência Estado)

·
Escrito por Maria Regina Silva (via Agência Estado)
Publicado em 01.07.2024, 15:52:00 Editado em 01.07.2024, 16:00:19
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

Depois de um respiro em abril, a procura por financiamento no Brasil voltou a cair. O Índice Neurotech de Demanda por Crédito (INDC) teve queda de 1% em maio em relação a abril, quando cresceu 14%. Na comparação com quinto mês de 2023, recuou 14% - o oitavo declínio consecutivo, conforme o dado antecipado ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado).

continua após publicidade

Entre os segmentos que compõem o INDC, o setor de serviços foi novamente o único a apresentar crescimento, desta vez de 20%, na comparação anual. A categoria também é única a não registrar queda em 2024. Já a busca por crédito no varejo recuou 22%, enquanto a demanda entre bancos e demais instituições financeiras teve retração de 12% em maio ante igual mês de 2023.

Na comparação mensal, a queda de 1% do INDC foi influenciada por bancos (-4%). Já nos demais setores - serviços e varejo - houve crescimento de 11% e 1%, respectivamente, em relação a abril deste ano.

continua após publicidade

O avanço da demanda por crédito no varejo, por sua vez, foi puxado pela categoria de supermercados, com alta de 7%, mantendo-se em elevação em todos os meses deste ano. "Historicamente, o setor varejista é o que promove maior impacto no Índice geral e, mais uma vez, os supermercados representam a única categoria com crescimento de demanda", cita Natália Heimann, head de produtos Analytics da Neurotech e responsável pelo indicador.

O fato de só o segmento supermercadista ter tido bom desempenho sugere que, "aparentemente os consumidores seguirão cautelosos neste cenário ainda de incerteza e recuperação lenta da economia, priorizando gastos com alimentação e demais itens de necessidades básicas", estima a executiva da Neurotech.

Aberturas

continua após publicidade

Na comparação com abril, houve quedas apenas nas categorias Lojas de Departamento (-36%) e EletroMóveis (-12%). Já os demais apresentaram altas de 24% (Vestuário), 3% (Supermercado) e 2% (Outros).

Já no confronto interanual, o desempenho foi pior. De acordo com o INDC, o ranking das categorias do varejo que apresentaram quedas em maio ante o mesmo mês de 2023 foram: Lojas de Departamento (-68%), EletroMóveis (-34%), Vestuário (-26%) e Outros (-4%).

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Neurotech: Busca por crédito cai 1% em maio ante abril e cede 14% em relação ao 5º mês de 2023"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!