MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Na Argentina, inflação sobe 4,2% entre abril e maio e acumula alta de 276,4% em 12 meses

O índice de preços ao consumidor da Argentina subiu 4,2% em maio na comparação com o mês anterior, informou nesta quinta-feira, 13, o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec). Em 12 meses, a inflação acumulada é de 276,4%. O setor que teve maio

Isabella Pugliese Vellani, especial para a AE (via Agência Estado)

·
Escrito por Isabella Pugliese Vellani, especial para a AE (via Agência Estado)
Publicado em 13.06.2024, 16:33:00 Editado em 13.06.2024, 16:39:45
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O índice de preços ao consumidor da Argentina subiu 4,2% em maio na comparação com o mês anterior, informou nesta quinta-feira, 13, o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec). Em 12 meses, a inflação acumulada é de 276,4%.

continua após publicidade

O setor que teve maior aumento no mês de maio foi o de comunicação (8,2%), devido aos aumentos nos serviços de telefonia e internet.

Em seguida, o setor de educação (7,6%) foi o mais impactado.

continua após publicidade

No ano até maio, a inflação acumulada é de 71,9%.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Na Argentina, inflação sobe 4,2% entre abril e maio e acumula alta de 276,4% em 12 meses"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!