Economia

Muitos dirigentes consideram alta de 50 pontos-base nas próximas reuniões do Fed

Da Redação ·

Muitos dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) observaram que um ou mais aumentos de 50 pontos-base nos juros dos Estados Unidos podem ser apropriados em reuniões futuras, principalmente se as pressões inflacionárias permanecerem elevadas ou intensificadas. De acordo com a ata da reunião de política monetária realizada em março e divulgada nesta quarta-feira, 6, muitos deles também observaram que teriam preferido um aumento de 50 pontos-base já nesta última reunião.

continua após publicidade

No entanto, alguns indicaram que, com a maior incerteza associada à invasão da Ucrânia, um aumento de 25 pontos-base seria mais apropriado.

"Os dirigentes julgaram que seria apropriado mudar rapidamente a postura da política monetária para uma postura neutra. Observaram também que, dependendo da evolução econômica e financeira, pode se justificar uma mudança para uma orientação política mais restritiva", diz o documento.