Economia

Ministro francês vê 'pico de inflação' e queda gradual, sem risco de recessão

Gabriel Bueno da Costa (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O ministro das Finanças da França, Bruno Le Maire, afirmou nesta quarta-feira, 1º de junho, não ver risco de recessão em seu país. Ele também admitiu que a França enfrenta "um pico de inflação", por questões como os preços elevados de energia diante da guerra da Ucrânia.

continua após publicidade

Previu ainda que essa inflação terá um "declínio gradual" até o fim do ano de 2023.

A autoridade concedeu entrevista à rádio France Inter.

continua após publicidade

Le Maire defendeu a atuação do governo nesse quadro.

Segundo ele, Paris tem adotado medidas para tentar conter o salto nos preços de energia e outros países da zona do euro enfrentam quadro pior.